Rua Caio Mario

2.4.07

a feia

ela tinha estrias estridentes e dentes
cariados, celulites no nariz, coriza
no culote, batata fina e tornozelo grosso,
pé chato, perna em xis, papada no papo e
sob os olhos cheios de remela, (sabe
aquelas fotografias com antes e depois?
ela era o antes, eternamente) e eu a amava
mesmo assim, ou por isso mesmo, e garanto:
nada é mais bonito que amar uma mulher horrenda.

5 comentários:

Catharina disse...

Hahahahhaa

Tha disse...

ahahahah

que romântico!

Vc recitou isso pra Naná?

Catharina disse...

Vai se ferrar Thais!

Catharina disse...

Queremos MA-AIS!

babi disse...

Queremos maisssssssss